Bilingue em Português/Francês e fluente em Espanhol e Inglês. Tem o curso de Formação de Atores da Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC). Estudou em Madrid (Real Escuela Superior de Arte Dramático – RESAD), São Paulo/Brasil (Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo- ECA/USP), Paris (Conservatoire National Supérieur d´Art Dramatique de Paris – CNSAD) e NY (Saratoga International Theater Institute – SITI COMPANY/Anne Bogart)

Representou nos seguintes países: Portugal, Espanha, França, Itália, Bélgica, Grécia, Brasil, Irão, Japão, Turquia, EUA, Cabo Verde, Colômbia, Chile, Cuba e China. Trabalhou com o Carlos J. Pessoa/Teatro da Garagem, Elsa Valentim/Teatro dos Aloés, Jorge Silva Melo/Artistas Unidos, Carlos Avilez /TEC, Ensemble – Sociedade de Atores, Emmanuel Demarcy-Mota, Pedro Gil, Rogério de Carvalho, Ana Tamen, Miguel Abreu, Maria João Miguel, Paulo Lage, António Aguiar, Bruno Freyssinet, Barney O´Hanlon. Integrou o elenco da primeira Companhia Teatral Europeia (encenação de Virgínio Liberti e Annalissa Bianco – Festival de Nápoles e Mérida). Integrou a XVIII edição da École des Maîtres com encenação de Arthur Nauzyciel. Em 2010-11 trabalhou em Paris, no elenco da Comédie Française, com Bruno Bayen e Jacques Allaire. Em 2014-15 foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian para trabalhar e investigar em Nova Iorque, junto à SITI COMPANY- Anne Bogart.

Foi nomeado melhor actor de Teatro para os Globos de Ouro com Não se Brinca com o Amor (2012), Herodíades (2013), A Estalajadeira (2014) e Display (2018) e para os prémios SPAAUTORES com Não se Brinca com o Amor (2012), O Campeão do Mundo Ocidental (2014) e Lulu (2020).

Foi nomeado pela revista TimeOut na categoria de melhor ator do ano de 2012 com Herodíades.

Estreou-se como encenador em 2014, com o espetáculo Misterman, de Enda Walsh e com o qual recebeu o prémio de melhor ator da Sociedade Portuguesa de Autores. Em 2015, encenou o seu segundo espetáculo, I Can´t Breathe, no Festival Temps d´Images, com o qual recebeu a menção especial do prémio da crítica da Associação Portuguesa de Críticos de Teatro (APCT).

Foi bolseiro da Direção Geral do Livro e das Bibliotecas para a Criação Literária em 2018 com o projeto A Sagrada Família.

Em 2018, recebe o prémio Mirpuri Carlos Avilez com A Última Estação.

No cinema e na televisão, trabalhou com Keren Ben Rafael, Odile Brook, Jorge Paixão da Costa, Hugo Diogo, Solveig Nordlund, Valéria Sarmiento, Jérome Cornuau, Benoît Jacquot, Sérgio Graciano, Yuri Alves, Francisco Manso, Vicente Alves do Ó, Marco Pontecorvo, Marie Brand, João Cayatte, Alessio Maria Federici e Cristèle Alves Meira.

É igualmente licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto e em Tradução (Francês/Espanhol/Inglês) pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Facebook da companhia: http://www.facebook.com/Loup-Solitaire-658102297990301

Partilhar
Default image
Elmano Sancho
lobosolitario.elmanosancho@gmail.com
Articles: 4