Djaimilia Pereira de Almeida

Djaimilia Pereira de Almeida é escritora. Estreou-se em 2015 com Esse Cabelo. Os seus livros estão publicados em Portugal, no Brasil e nos EUA e, em breve, noutros países. Luanda, Lisboa, Paraíso (2018) recebeu o Prémio Oceanos 2019. A Visão das Plantas (2019) obteve o segundo lugar do mesmo prémio no ano seguinte. Os seus livros e ensaios foram distinguidos com, entre outros, o Prémio Primeiras Teses do Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra, o Prémio de Ensaísmo Serrote (3º lugar) do Instituto Moreira Salles, o Prémio Literário Fundação Inês de Castro e o Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz.

Foi finalista do Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores com Luanda, Lisboa, Paraíso, A Visão das Plantas e As Telefones. That Hair (Eric Becker, trad.) foi finalista do PEN America Translation Prize e integrou a antologia New Daughters of Africa (Margaret Busby ed., Myriad Editions, 2019). Foi ainda finalista do 8º ciclo da Rolex Mentor & Protégé Arts Initiative.

Publicou nas revistas Contemporânea, Zum, Serrote, Pessoa, no Blog da Companhia das Letras, Granta, entre outras. Escreveu dois livros para a colecção Retratos da Fundação Francisco Manuel dos Santos, Ajudar a cair e Regras de Isolamento (com Humberto Brito).

Escreve sobre imagem e livros na Revista Quatro Cinco Um. Uma vez por mês, publica cartas fictícias na Folha de S.Paulo.

Nasceu em Angola e cresceu na periferia de Lisboa.

Partilhar
Default image
Djaimilia Pereira de Almeida
Articles: 3