Marlene Monteiro Freitas regressa ao D. Maria II

Cinco anos depois de ter estreado “Bacantes, Prelúdio para uma Purga” no Teatro Nacional D. Maria II, a coreógrafa e bailarina Marlene Monteiro Freitas regressa à Sala Garrett com o espetáculo que mergulha neste clássico do teatro.

A 13 e 14 de abril, quarta e quinta-feira, às 19h, será possível ver ou rever “Bacantes, Prelúdio para uma Purga“, o olhar de Marlene Monteiro Freitas sobre As Bacantes, de Eurípedes.

No texto de Eurípides, estão presentes o delírio e o irracional, a ferocidade e o desejo de paz, a selvajaria e a aspiração a uma vida simples. Direções contraditórias, elementos que chocam, corpos íntegros que se desmembram e crenças testadas ao limite. Este é o mundo que Marlene Monteiro Freitas percorre em “Bacantes, Prelúdio para uma Purga“. Um autêntico combate de aparências e dissimulações, polarizado entre os campos de Apolo e Dionísio.

Estreado em Lisboa em 2017, “Bacantes, Prelúdio para uma Purga” é um espetáculo coproduzido pelo Teatro Nacional D. Maria II e por vários teatros e festivais europeus, que tem viajado internacionalmente nos últimos cinco anos. Cofundadora da estrutura de artes performativas P.OR.K, Marlene Monteiro Freitas recebeu recentemente o Chanel Next Prize, prémio internacional dedicado à inovação no âmbito das artes e da cultura, distinção que juntou ao Leão de Prata da Bienal de Veneza, que lhe foi atribuído em 2018.

Mais informações sobre “Bacantes, Prelúdio para uma Purga” aqui.

Partilhar
Default image
Marlene Monteiro Freitas
lenemfreitas@hotmail.com
Articles: 5